Hoje
Máx C
Mín C

CONCURSO ‘O POETA DA SAUDADE’

2015/02/06 a 2015/03/15
Concursoliter rio preguicaafonsolopesvieira banner 1 728 2500

Novas criações de poesia inspiradas pela obra de Afonso Lopes Vieira.

A decorrer até 15 de Março de 2015.

Envio de materiais (um poema por autor) por correio electrónico para preguica.mag@gmail.com, referindo no assunto da mensagem “O Poeta da Saudade – Concurso Poético”.

Grande Prémio de 500 euros e Prémio Revelação (até 23 anos de idade) de 250 euros, com o apoio do Grupo Iberomoldes.

 

Regulamento

Artigo 1.º
(Objeto)

No intuito de fomentar o gosto pela poesia e evocar a obra de Afonso Lopes Vieira assim como a afirmação da região, é instituído o concurso “O Poeta da Saudade – Concurso Poético”.

Artigo 2.º
(Condições de admissão)

Podem concorrer todas as pessoas interessadas.

Artigo 3.º
(Tema)

O tema desta iniciativa é abrir portas a novas criações, sob a inspiração da obra do poeta Afonso Lopes Vieira. Não serão considerados plágios, valorizando-se, sim, temas como o mar, o pinhal a saudade, ou outros temas do imaginário da obra do poeta.

Artigo 4.º
(Divulgação do concurso)

O anúncio do concurso é feito pelas vias habituais da autarquia da Marinha Grande e através da publicação online Preguiça Magazine.

Artigo 5.º
(Natureza dos trabalhos)

O género literário elegível para o efeito deste concurso é a poesia em língua portuguesa.

Artigo 6.º
(Participação)

Os participantes são avaliados por um júri, comprometendo-se este a seleccionar e classificar duas categorias: a) Grande Prémio. b) Prémio Revelação para menores de 23 anos.

Artigo 7.º
(Prémios)

1 – Grande Prémio 500 euros e Prémio Revelação 250 euros. 2 – Todos os textos a concurso são divulgados e publicados nos meses de Fevereiro e Março de 2015, no site da Preguiça Magazine: http://preguicamagazine.com/ 3 – Artistas convidados vão produzir música e vídeo dos melhores textos a concurso, cuja apresentação terá lugar na Gala a decorrer no Dia Mundial da Poesia a 21 de Março de 2015, na Casa da Cultura Teatro Stephens, na Marinha Grande.

Artigo 8.º
(Admissibilidade dos trabalhos)

São admitidos a concurso apenas trabalhos inéditos e não publicados, escritos em português, com título, seguindo ou não as normas do acordo ortográfico, e enviados pelos próprios autores ou seus representantes, com o limite de um poema por autor, para o seguinte endereço: preguica.mag@gmail.com e com o assunto “O Poeta da Saudade – Concurso Poético”.

Artigo 9.º
(Prazos)

1 – A divulgação do concurso e recepção dos poemas tem efeito imediato a partir da sua publicação. 2 – A data limite da entrega dos trabalhos é o dia 15 de Março 2015.

Artigo 10.º
(Direitos de autor)

Ao participarem neste concurso, enviando os poemas, os autores assumem a cedência de autorização de publicação dos mesmos, quer durante o concurso quer em publicações posteriores eventualmente desenvolvidas pelo projecto.

Artigo 11.º
(Parcerias)

Este concurso pode realizar parcerias com outras entidades ou pessoas, individuais ou colectivas, públicas ou privadas, desde que salvaguardando o prestígio do mesmo, sendo que não interferirão neste regulamento, com a excepção dos seguintes aspectos: a) Aumento do número de vencedores, eventualmente, atribuindo outros lugares; b) Aumento da divulgação e publicação do concurso; c) Realização de cerimónia de apresentação dos vencedores; d) Colaboração em publicações posteriores das obras a concurso, premiadas ou não premiadas.

Artigo 12.º
(Condicionamentos do concurso)

O concurso só se realizará se obtiver um número mínimo de 10 participantes, e será limitado a um número de 100 participantes.

Artigo 13.º
(Constituição do Júri)

1 – O júri do Concurso de Poesia é composto por pessoas indicadas pela Câmara Municipal da Marinha Grande e pela Preguiça Associação Criativa. 2 – O número de membros do júri é ímpar. 3 – Das decisões do júri não há lugar a quaisquer reclamações.

Artigo 14.º
(Contatos)

Todos os contatos referentes a este prémio são efectuados por e-mail ou telemóvel.

Artigo 15.º
(Casos omissos)

Os casos omissos são supridos e decididos pelo júri deste concurso.