Hoje
Máx C
Mín C

Exposição "Visões Urbanas I" no Jardim do Bambi

2020/06/20 a 2020/09/13
Repensarsaopedro 1 728 2500

Visões Urbanas I

Inauguração no dia 20 de junho de 2020 | 18h00

Jardim do Bambi - São Pedro de Moel

 

Vai estar patente no Parque do Bambi, a primeira de duas exposições dos trabalhos que resultam do protocolo tripartido entre a Câmara Municipal da Marinha Grande, a Universidade de Coimbra, e a Associação para a Promoção do Turismo de São Pedro de Moel.

Deste protocolo resulta o exercício académico que toma a Praia de São Pedro de Moel como objecto de estudo, no decorrer do presente ano lectivo, no âmbito do Atelier de Projecto II-C, subordinado ao tema geral Território e Paisagem, do Curso de Mestrado Integrado em Arquitectura da FCTUC.

Pretende-se que, por intermédio deste exercício, possam ser apontadas linhas de orientação e de desenvolvimento integrado, e promovida uma visão estratégica de escala territorial, cujos objectivos prioritários se afirmaram na procura de equilíbrios de gestão paisagística e novas perspectivas de gestão urbanística, corrigindo graves erros de licenciamento e promoção imobiliária mais recentes, assim como a rectificação da falta de conceito para reabilitar e valorizar o riquíssimo património natural expectante.

Os estudantes respeitarão, como ponto de partida, todas as ferramentas e instrumentos jurídicos do planeamento municipal, mas também aqueles que estão estabelecidos a nível regional e nacional. Também os compromissos municipalmente firmados, em sede de gestão
urbanística vigente, foram disponibilizados, para que pudesse ser equacionada a sua integração nas visões estratégicas que se desenvolvem.
Os exercícios estão materializados em modelos de escala e dimensão diversas, e serão acompanhados de representações gráficas, impressas em painéis expositivos, bem como de apresentações multimédia, capazes de, conjuntamente, ilustrarem a complexidade das reflexões e descobertas implícitas, desenvolvidas ao longo de todo o processo de aprendizagem.

É fundamental que um olhar refrescado se debruce sobre esta paisagem, considerando tanto o espaço físico natural como o construído, de modo a que se identifiquem as melhores formas de agir sobre o mesmo, conferindo um sentido unitário a uma identidade tradicionalmente dividida entre a mata envolvente, núcleo urbano e corredor atlântico onde a praia e as arribas firmaram uma visibilidade ímpar.

Importa potenciar as práticas quotidianas, aumentando a qualidade de vida de residentes, em paralelo com a daqueles que escolhem São Pedro de Moel como destino balnear, ou retiro de isolamento, estimulando uma oferta turística mais abrangente, mas também diversificada e inclusiva.