Hoje
Máx C
Mín C

“À Espera de Ulisses” e da sua visita até 25 de setembro

A espera ulisses manuelacastromartins3 1 728 2500
O Núcleo de Arte Contemporânea do Museu do Vidro, situado no Edifício da Resinagem, na Marinha Grande, tem patente a exposição “À Espera de Ulisses”, da artista Manuela Castro Martins, até ao próximo dia 25 de setembro.

A Câmara Municipal convida a população para aproveitar a derradeira oportunidade de ver esta mostra das obras mais recentes da autora, algumas das quais criadas especificamente para a exposição. As peças em vidro resultam de uma busca incessante por uma nova linguagem e do desafio permanente de fazer coisas que não possam ser feitas.

Manuela Castro Martins apresenta nesta exposição rendas e bordados em vidro, resultantes de vários meses “a cortar e fundir vidro e a cortar e fundir arames” e que confessa ter sido “um trabalho duro que é também um percurso de espera”. Nestas peças recorda o trabalho de renda feito pela sua mãe, em quem se inspirou e a quem dedica as taças coloridas expostas.

A artista trouxe ainda para o NAC “bordados pouco convencionais” que resultam da ligação das suas “fantasias à literatura”, com uma linguagem mais contemporânea, nas quais o vidro, o arame e o ferro se fundem com elegância, fruto do seu trabalho solitário e absolutamente silencioso, desenvolvido no seu estúdio.

Detentora de um vasto currículo, Manuela Castro Martins foi vencedora do Prémio de Design da “Emerge 2014”, Bienal de Vidro da Bullseye para artistas emergentes, realizada em Portland, nos Estados Unidos da América.

A exposição “À espera de Ulisses” pode ser visitada no NAC até 25 de setembro, de terça-feira a domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00. A entrada é gratuita.