Hoje
Máx C
Mín C

Espaço da antiga J. Ferreira Custódio reaberto

5176jferreiracustodio nov2014 site2 1 728 2500
  •  

O espaço da antiga fábrica de vidros J. Ferreira Custódio, na Marinha Grande, foi reaberto ao público na semana passada, na sequência das obras de recuperação e reconversão, levadas a cabo pela Câmara Municipal, que implicaram um investimento superior a 400 mil euros.

A intervenção traduziu-se numa operação de reabilitação urbana de um antigo espaço industrial, abandonado, do centro da cidade, convertendo-o num espaço de utilização pública.

O projeto da Câmara Municipal assegurou a qualificação do ambiente urbano através da reconversão de um espaço industrial desqualificado em espaço público; e a reabilitação urbana de um aglomerado historicamente denso, através da transformação de espaço privado em espaço público.

Foi reformulado o quarteirão onde se encontrava a antiga Fábrica J. Ferreira Custódio, tendo-se promovido a mobilidade territorial e consequentemente a acessibilidade do espaço; e dotada a zona de estacionamento permitindo o reforço da oferta nesta parte da cidade, apoiando e promovendo de forma indireta o desenvolvimento económico.

Foi assegurada a reorganização e beneficiação da estrutura viária existente nas imediações da J. Ferreira Custódio, ao nível de infraestruturas e de desenho urbano, promovendo espaços acessíveis e criando uma cidade assente num desenvolvimento sustentável.

A área onde se interveio incluiu as instalações da antiga J. Ferreira Custódio e estendeu-se sobre a rede viária que a circunda, nomeadamente:

  • Rua da Alegria;
  • Travessa da Alegria;
  • Rua Vieira de Leiria entre a Rua dos Pires e a Rua José Matias Pedrosa;
  • Rua José Matias Pedrosa entre o Largo da Alegria e o cruzamento com a Rua Vieira de Leiria.

As principais ações a desenvolver no projeto foram:

  • Mobilidade, arranjos exteriores e áreas verdes;
  • Trabalhos de pavimentação para criação de zona de estacionamento com 108 lugares e arruamentos envolventes;
  • Criação, consolidação e alargamento dos passeios;
  • Reestruturação da plataforma viária;
  • Criação do parque de estacionamento;
  • Execução da rede de drenagem pluvial longitudinal e transversal;
  • Reformulação da rede de abastecimento de água;
  • Reformulação da rede de saneamento doméstico;
  • Correção da rasante;
  • Reformulação dos cruzamentos, criando segurança e aumento da acessibilidade na zona;
  • Melhoria da sinalização e do equipamento de segurança.

Esta obra foi objeto de candidatura a fundos comunitários no âmbito do QREN.