Hoje
Máx C
Mín C

Teatro e música no Teatro Stephens

Teatrostephens 1 728 2500

Aniversário da reabertura
Teatro e música no Teatro Stephens

No mês de outubro, a Casa da Cultura Teatro Stephens celebra o 6º ano de contacto com o público. Por aquele palco já passaram muitos artistas que partilharam o brilho da sua entrega e felicidade com o público. Este ano, fruto da pandemia da Covid-19, a celebração é menos efusiva, mas é rica e calorosa em termos artísticos.

No dia 17 de ouutbro (sábado), às 16h00, dá-se continuidade à temporada de CONCERTOS PARA BEBÉS com JAZZ DE EMBALAR e o pianista DANIEL BERNARDES. Lembramos que para além de diminuir a lotação a 20 bebés, de modo a permitir guardar distância de segurança entre famílias, são colocados em prática todos os cuidados de higiene e limpeza adequados ao público alvo.

Nos dias 22 e 29 de outubro, às 21h30, o Teatro Stephens associa-se à celebração do 25º aniversário do Festival de Teatro ACASO, com apresentação de dois espetáculos: O FAROLEIRO uma encenação de Tiago Mateus para Estado Zero e O DOM DE RIXOTE encenação de Pedro Wilson para O Nariz.

No dia 24 de outubro, é a vez do teatro infantil subir ao palco, às 16h00, com apresentação da estreia do espetáculo AUTOZINHO DA BARCA DO INFERNO & ANIMAIS NOSSOS AMIGOS, numa encenação de Miguel Linares baseada nos textos originais do poeta Afonso Lopes Vieira.

No dia 25, às 17h00, apresenta-se LENA D'ÁGUA com o espetáculo DESALMADAMENTE, o seu último trabalho. A artista vem partilhar com o público a sua energia para celebrarmos da melhor maneira o 6º Aniversário da reabertura do Teatro.

A programação da comemoração é a seguinte:

17 de outubro . 16h00
CONCERTO PARA BEBÉS | JAZZ DE EMBALAR com o pianista DANIEL BERNARDES
Sinopse |
Bábáp
Bábáp
O Jazz importa-nos porque fala-nos, também, de liberdade. E desde a sua estreia, em 1998, os Concertos para Bebés tiveram todos os anos um concerto de Jazz. Nas primeiras temporadas foi Bernardo Sassetti que nos presenteou com manhãs mágicas, da Casa da Música no Porto à intimidade pianística no Teatro Miguel Franco em Leiria. Depois tivemos o fulgor virtuoso do compositor e pianista Mário Laginha que nos tem acompanhado com um programa anual. Em 2020 Daniel Bernardes é o compositor e solista convidado, e teve carta-branca para imaginar e conceber um programa inteiramente seu. Estamos muito curiosos para ouvir o também papá Daniel neste seu primeiro Concerto para Bebés.
Bábáp
Sããão Martinho
Ficha Técnica |
Produção Musicalmente
Classificação Etária: Para todos
Duração: 45 minutos
Preço: 7,5€ (adulto+bebé palco) 5€ (plateia)

22 de outubro . 21H30
TEATRO | O FAROLEIRO encenação de Tiago Mateus para Estado Zero Associação Cultural – Integrado no XXV FESTIVAL ACASO
Sinopse |
Espetáculo de teatro com música improvisada por Flak e prosa poética dita pelo ator David Pereira Bastos. Texto de Tiago Mateus e direção partilhada dos artistas acima mencionados.
O Faroleiro é um testemunho sobre a solidão do ofício e sua responsabilidade. A procura do Amor Absoluto que salve este homem a cada noite passada no farol. O mar como único interlocutor de desejos, medos e desesperos - A redenção como objetivo. O devaneio ansioso a cada noite pelo passar das horas e o sono diurno acompanhado pelo cantar dos pássaros.
"Solidão não é caminho. Nenhuma onda morre sozinha" in "O Faroleiro".
Ficha Técnica |
Texto – Tiago Mateus
Interpretação - Dinarte Branco e Flak
Classificação Etária: M12
Duração: 60 minutos
Preço: 5€

24 de outubro. 16h00
TEATRO INFANTIL | AUTOZINHO DA BARCA DO INFERNO & ANIMAIS NOSSOS AMIGOS
Sinopse |
Afonso Lopes Vieira, o primeiro poeta português a escrever poesia para crianças, com o livro “Animais Nossos Amigos”, foi o grande responsável pela divulgação da obra de Gil Vicente, numa época em que o “pai do Teatro português” era desconhecido do público.
A sua preocupação constante com os mais pequenos, fê-lo adaptar a peça “Auto da Barca do Inferno” para esta versão de Teatro de Marionetes, que apresentamos hoje em formas animadas adequadas aos nossos tempos!
Quem nunca teve medo de ir para o Inferno? Quem terá o direito de ir para o Paraíso? Apenas os Professores: “quem ensinou, quem ensina os pequeninos”!
Os poemas que nos mostram o lado bom dos animais, assim como a sua relevância para o ser humano, são neste espetáculo musicados, por Pedro Pires, e cantados pelos atores que interpretam várias personagens.
Ficha Técnica |
Texto Original – Afonso Lopes Vieira
Encenação – Miguel Linares
Consultoria – Cristina Nobre
Interpretação – Adriana Melo, Carolina Santarino e Miguel Linares
Sonoplastia – Pedro Pires
Figurinos & Cenografia – Guida Torres
Coreografia – Magnum Soares
Ilustração – Bruno Netto
Fotografia & Vídeo – Miguel Afonso Linares
Produção – Break A Leg
Classificação Etária: M4
Duração: 50 minutos
Preço: 3€

25 de outubro . 17h00
MÚSICA | LENA D’ÁGUA “DESAMALDAMENTE”
Sinopse |
O regresso triunfante de uma das maiores Artistas da música portuguesa.
Reconhecendo este extraordinário regresso Lena d’Água venceu os Prémios Play (Prémios da Música Portuguesa) na categoria de Melhor Artista Feminina e Prémio da Critica. A atribuição destes prémios é o justo reconhecimento por parte da indústria da música em Portugal, pelo regresso triunfante de uma das mais icónicas e reconhecidas artistas nacionais.

A atribuição destes dois importantes prémios a Lena d’Água, quando a artista está prestes a cumprir 45 anos de carreira, confirma o unanimismo que se gerou em torno da sua carreira e do seu desempenho, confirmando-a como a mais genuína e brilhante estrela da pop portuguesa.
Trinta anos depois do seu último álbum de originais em nome próprio, Lena d’Água regressou aos discos de originais, em 2019 com “Desalmadamente”. Todas as letras e músicas são da autoria de Pedro da Silva Martins (Deolinda, Ana Moura, António Zambujo, Cristina Branco, Sérgio Godinho), com arranjos de João Correia, António Vasconcelos Dias, Sérgio Nascimento, Mariana Ricardo, Francisca Cortesão e Benjamim, com a produção destes quatro últimos.
“Desalmadamente” marca o regresso de uma das mais celebradas e icónicas cantoras portuguesas dos anos 1980, Lena d’Água está finalmente de volta e em grande.
Ficha Artística |
Classificação Etária: M6
Duração: 60 minutos
Preço: 15€

29 de outubro . 21H30
TEATRO | O DOM DE RIXOTE encenação de Pedro Wilson para O Nariz – Integrado no XXV FESTIVAL ACASO
Sinopse |
"Uma peça burlesca de natureza patética, baseada no extraordinário romance escrito, no século XVI, por Miguel de Cervantes, "Dom Quixote". Esta comédia dramática, parte da premissa de que o papel dos guerreiros - heróis de antigamente, hoje em dia é interpretado pelas estrelas de futebol. Rixote é um homem de meia-idade que perdeu a razão, de tanta literatura de jornais desportivos que devorou. Toda a peça se passa no mundo da bola, girando à volta do idealismo fantasioso da personagem principal e a realidade futebolística, onde este e o seu companheiro Sancho atuam. Na fronteira do palpável e do imaginário, os nossos heróis, lá vão avançando no relvado das suas fantasias grotescas."
Ficha Técnica |
Texto e Encenação – Pedro Wilson
Interpretação – Pedro Oliveira e Nuno Crespo
Produção – O Nariz Teatro
Classificação Etária: M12
Duração: 60 minutos
Preço: 5€

Bilheteira: terça-feira a domingo, das 10h30 às 13h00 e das 14h00 às 17h30.