Hoje
Máx C
Mín C

Reabilitação da Escola do Pilado em execução

Escolapilado1 1 728 2500

Tiveram início em agosto as obras de reabilitação da Escola Básica do Pilado. Esta intervenção tem origem no projeto vencedor no Orçamento Participativo 2016 (OP 2016).

A obra foi adjudicada à empresa Joaquim Viralhada Construções, Unipessoal, Ld.ª, pelo valor de 90.149,77 € (a que acresce o IVA) e prazo de execução de 75 dias.

O projeto respeita as principais componentes que constam da proposta vencedora do OP 2016 e que constam da remodelação integral dos sanitários e das redes de água, drenagem e rede elétrica.

No entanto, a abordagem às necessidades permitiu propor uma nova forma de organização e funcionamento da escola, unificando um espaço comum de entrada no tardoz da escola, onde se concentram os restantes espaços, os novos sanitários, as salas de aula e os espaços complementares de arrumos.

Por razões de economia de espaço e porque é consensual entre os vários intervenientes que a entrada dos alunos pelo portão mais a norte permite evitar a acumulação de veículos na Rua Principal do Pilado nas horas de entrada e saída dos alunos, foram reorganizados os fluxos por forma a que a entrada principal de edifícios se dispusesse na fachada posterior.

Esta nova disposição funcional permite reservar as antigas entradas para espaços complementares da sala de aula, com ligação direta com estas, mas com possibilidade de poderem funcionar autonomamente. O aproveitamento da área garante a criação de dois espaços complementares que servirão principalmente o corpo docente. Sem condicionar a sua função, estas duas salas servirão para trabalho administrativo, reuniões, atendimento e convívio dos professores.

A nova organização e fluxo de pessoas fica reforçado com a execução de uma pérgula coberta entre o portão da escola e os edifícios - escola e ATL - permitindo que os alunos, em particular no inverno, circulem entre todos os espaços protegidos da intempérie.

Em termos globais vai proceder-se à substituição de todas as portas interiores, bem como de rodapés e lambrim. As caixilharias que preenchem os novos vãos serão em alumínio termolacado.

Serão ainda executadas as redes elétrica, de telecomunicações e extensão da rede de drenagem pluvial na área afetada pela ampliação prevista.